Antes de encontrar um psicólogo no Meier, que tal conhecer melhor o  bairro? Méier é um bairro localizado na Zona Norte do município do Rio de Janeiro, no Brasil. O bairro é o histórico centro da “Área dos Engenhos”, que hoje é conhecido como Grande Méier e é uma subprefeitura desde 2013. Em função disso possui um vasto comércio e variedade de serviços e transportes, ainda que não seja um dos maiores bairros do município. No bairro se localiza um dos primeiros shopping centers do Brasil, o Shopping do Méier, inaugurado em 1963. Apresenta duas aparências urbanas distintas, uma mais agitada, comercial, nas áreas próximas da Rua Dias da Cruz e da estação ferroviária; e outra mais calma, nas ruas mais residenciais.

No século XVIII, o bairro era uma fazenda de cana-de-açúcar. Em 1760, houve desentendimentos entre os jesuítas (os donos da fazenda) e a Coroa Portuguesa, que os expulsou do Rio de Janeiro. A fazenda, então, foi dividida em três partes: Engenho Novo, Cachambi e São Cristóvão. Em 1884, Dom Pedro II presenteou um amigo com parte das terras. Esse amigo tinha o nome de Augusto Duque Estrada Meyer, (filho do comendador Miguel João Meyer, português de origem alemã e um dos homens mais ricos da cidade no final do século XVIII), conhecido como “camarista Meyer” por ter livre acesso às câmaras do palácio imperial.

Por sua causa, a região ficou conhecida como “Meyer” (pronuncia-se “Maier”). Depois de certo tempo, os moradores aportuguesaram o termo para “Méier”. Os primeiros habitantes da região eram escravos fugidos que formaram quilombos na Serra dos Pretos Forros.

Igreja do Imaculado Coração de Maria, no bairro do Méier.

Cortado pela Estrada de Ferro Central do Brasil, a história do Méier se confunde com a dos trens. O aniversário da sua estação ferroviária é utilizado como data de fundação do bairro: 13 de Maio de 1889. A estrada de ferro foi de extrema importância para o início de um acelerado progresso da região, que é, atualmente, conhecida como Grande Méier. A partir da década de 1950, o bairro explodiu demográfica e comercialmente. Em 1954, o bairro ganhou o Cine Imperator, na ocasião, a maior sala de cinema da América Latina, com 2 400 lugares. Em seguida, foi a vez do Shopping do Méier se instalar no bairro. Foi o primeiro do gênero a ser inaugurado no Brasil.

Um dos grandes problemas atuais do Méier é o trânsito. O aumento de tráfego após a implantação da Linha Amarela, somado às vias de acesso que ainda mantém um dimensionamento obsoleto, complicam o trânsito na região, tornando-o, por vezes, caótico. Quem vem do Centro enfrenta congestionamentos na Avenida 24 de Maio e quem sai da Linha Amarela observa trânsito lento principalmente no horário do rush em ruas como Arquias Cordeiro, Borja Reis e Dias da Cruz, essa última sendo a principal do bairro e tendo apenas duas pistas em algumas partes, uma de ida e outra de volta.

O Méier é o 17º bairro carioca com maior IDH, de 0,931, sendo um dos mais valorizados da Zona Norte do muncípio na 4ª posição, só perdendo para o Jardim Guanabara (0,962), Maracanã (0,944) e o Grajaú (0,938), estando a frente de bairros “rivais” nesse quesito dentro da Zona Norte como Tijuca (0,926), Vila da Penha (0,911), Vila Isabel (0,909) e Portuguesa (0,904).[4]

“ É o Méier o orgulho dos subúrbios e dos suburbanos. ”

Dados demográficos
Área territorial (2003): 247,09 ha (84º)[6] Total da população (2000): 51 344 (30º)[6] Total de domicílios (2000): 17 568 (28º)[6]

Saúde
O Méier conta com o Hospital Municipal Salgado Filho, um dos hospitais de emergência da rede de saúde da Prefeitura do Rio de Janeiro. O hospital iniciou suas atividades em 12 de outubro de 1920 sob a denominação Serviço Auxiliar do Pronto Socorro do Méier. Em 28 de novembro de 1951, trocou de nome para Dispensário do Méier. Somente em 27 de março de 1963, recebeu a sua atual denominação. Em 17 de março de 1977, o novo hospital municipal Salgado Filho, com um bloco principal (subsolo e sete andares), possuindo dois anexos (um com três e outro com dois andares) foi inaugurado pelo prefeito Marcos Tamoio e pelo seu secretário de Saúde, doutor Felippe Cardoso Filho. Na Rua Ana Barbosa, está situado o posto de atendimento municipal César Pernetta.

Próximo ao Méier, no bairro Todos os Santos, está situado o Hospital Pasteur, inaugurado em 2005. Com atendimento 24 horas, possui emergência, clínica médica, ginecologia/obstetrícia, cirurgia geral, ortopedia e radiologia.

Fonte